Francis Poulenc (1899 – 1963)

Les Chemins de l'amour
O mélodie para voz e piano foi composta por Francis Poulenc, em 1940, com base em uma valsa cantada da música incidental da peça Leocádia. Poulenc foi um compositor e pianista francês, conhecido pelas suas belas melodias, aptidão para a aplicação textual e um estilo composicional eclético e pessoal que abrangia sua sagacidade, elegância e profundidade emocional. A peça conta com a letra de Jean Anouilh, dramaturgo francês, filho de um alfaiate e uma pianista. Teve sua obra teatral iniciada em 1932, sendo bastante abundante e variada, composta por inúmeras comédias e obras de tom dramático ou trágico.

Tradução
Os caminhos que conduzem ao mar
Guardam consigo a nossa passagem
Flores desfolhadas e o eco sob as árvores
De nossos risos claro
Ah! Dias felizes
Radiante e volátil alegria
Não encontro vestígio algum
No meu coração
Caminhos do meu amor
Procuro-as pelo tempo afora
Caminhos perdidos
Vocês inexistem
E seus ecos emudeceram
Caminhos do desespero
Caminhos da lembrança
Caminhos do primeiro dia
Caminhos divinos do amor
Se um dia devo esquecê-los
A vida apaga todas as coisas
Quero que uma lembrança perdure no meu coração
Mais forte que um amor passado
A lembrança do caminho
Onde, trêmula e apaixonada
Um dia senti sobre mim o calor
De suas mãos.”


Want to print your doc?
This is not the way.
Try clicking the ⋯ next to your doc name or using a keyboard shortcut (
CtrlP
) instead.