Share
Explore

Manifesto Cristão

Nós nos Manifestamos
Somos um movimento cívico, apartidário que, consciente do papel dos discípulos de Cristo diante dos desafios da nação brasileira, propõe diretrizes que o cristão deve ter em mente ao escolher seus candidatos nas eleições que se aproximam.
Nós nos Envolvemos
Quando o governo é formado de homens justos e honestos o povo vive feliz, mas quando os líderes de uma nação são maus e desonestos o povo chora de tristeza.” Provérbios 29.2
Compreendemos que o cristão tem o dever cívico e espiritual de votar! Se ele não vota, deixa de escolher “homens justos e honestos” e outros poderão eleger homens “maus e desonestos” que farão o povo “chorar de tristeza”.
Cremos que o Senhorio de Cristo abrange todos os aspectos da nossa vida. Orientamos toda a nossa conduta, formamos nossas convicções e pautamos nossas escolhas em e a partir de Cristo.
Cremos que somos cidadãos dos céus e concidadãos dos santos, o que nos leva a colocar toda nossa esperança quanto à salvação e ao futuro de nosso país em Cristo e não em políticos e ideologias.
A consciência de que somos um só corpo, como parte da Igreja de Jesus espalhada pela terra, nos leva a empreender “todo o esforço para conservar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz” (Ef 4.3), e não nos deixarmos levar por divisões e sectarismos.
Oramos para que os olhos do nosso entendimento sejam abertos e nos tornemos aptos para “discernir tanto o bem quanto o mal” (Hb 5:14), sendo capazes de, com toda sabedoria e lucidez, escolher candidatos cuja vida pública seja coerente com os princípios bíblicos.
Nesse sentido, cremos ser dever de todo cristão frente ao processo democrático, verificar quais são os princípios, valores e propostas dos partidos e de seus candidatos, investigando se fizeram um bom trabalho em outros cargos que exerceram, avaliando a integridade de seu caráter. Votar em um corrupto é um ato leviano para com nosso povo tão sofrido.
Nós nos Orientamos por Princípios
Como cristãos, cremos que nossas escolhas devem ser pautadas pelos princípios da palavra de Deus. Nesse sentido, diante do que nos tem sido apresentado no atual cenário político, entendemos que os seguintes valores sejam indispensáveis:
1. Respeito à Família e Defesa da Vida
Cremos na família com base no casamento de um homem e uma mulher, como criado e abençoado por Deus, conforme o relato de Gênesis 1;
Cremos que a nossa identidade sexual e de gênero é uma expressão de características dadas por Deus na criação e que não está sujeita ao modo como o indivíduo se percebe ou deseja ser reconhecido pelas outras pessoas;
Cremos que a vida humana é sagrada, devendo ser preservada desde o momento de sua concepção. Assim, nos posicionamos abertamente contra a descriminalização do aborto.
2. Firme combate à Corrupção
Entendemos que a corrupção mata pessoas, na medida em que desvia recursos que deveriam ser usados em saúde, educação, saneamento e segurança;
Entendemos que o foro privilegiado e as emendas legislativas são instrumentos de corrupção, fomentando a impunidade. Portanto, defendemos a extinção de ambos;
Subscrevemos o PROJETO 200+ (), entendendo que deveríamos buscar candidatos que assinem o TERMO DE COMPROMISSO ali expresso.
3. Aprofundamento da Democracia
Entendemos que o nosso papel como cidadãos não se esgota nas urnas. Ao contrário, a necessidade de uma ampla reforma política no Brasil demanda nosso compromisso inescapável para com o avanço dessa discussão em toda sociedade.
Entendemos que os mecanismos de nomeação e aprovação para as instâncias de poder do executivo e do judiciário (tribunais, ministérios etc.) devem ser aprimorados tendo como base suas competências técnicas e não apenas indicações políticas.
Cremos no respeito às liberdades individuais, na liberdade respeitosa de expressão e na liberdade religiosa nos limites de um estado laico.
Cremos que uma sociedade deve se comprometer por “fazer justiça ao órfão, à viúva e ao estrangeiro” (Dt 27:19; Is 1.17-23; Jr 22:3), empenhando-se pelo cuidado com o necessitado e pelo aprofundamento da dignidade humana e da equidade social.
Entendemos que o massivo investimento em educação plena e de qualidade é o principal instrumento de elevação do nosso padrão socioeconômico e da diminuição da desigualdade social.
4. O Estado como Servo do Povo
Cremos que o “maior entre nós seja aquele que serve”. Nesse sentido, compreendemos que o Estado existe para servir o cidadão, não havendo espaço para privilégios e mordomias, os quais devem ser combatidos com empenho.
Entendemos que o Estado deve ser sustentável a longo prazo, ou seja, deve prezar com zelo e responsabilidade pelo ajuste nas contas públicas, não gastando mais do que arrecada, promovendo, assim, o bem estar social não apenas durante o período de um mandato, mas visando as futuras gerações.
Entendemos que o Estado deve simplificar a vida dos cidadãos, reduzindo ao máximo a burocracia. A burocracia acaba sendo um canal de corrupção, abrindo caminho para propinas e não tratando todos os cidadãos de forma justa, mas privilegiando os que tem canais de acesso.
5. A Igreja nas Eleições
Cremos que cada membro da igreja é livre para votar em quem quiser de acordo com sua consciência, devendo ser respeitado na sua escolha, sem o risco de sofrer constrangimento de qualquer natureza;
Entendemos que, para preservar a liberdade individual do crente a Igreja, enquanto instituição da sociedade civil não deve manifestar publica e oficialmente, apoio de qualquer natureza a candidatos, partidos ou ideologias políticas.
Entendemos ainda que, não obstante cada indivíduo possua pleno direito à liberdade de expressão, é vedado aos membros e líderes da Igreja defenderem qualquer posicionamento político-partidário em nome da igreja. O exercício de nossas liberdades individuais não devem jamais ser imputados à coletividade.
Entendemos que a igreja deve trabalhar na educação política de seus membros e, extende-la para a sociedade como um todo, sempre pautando-a nos princípios do Reino de Deus expostos na Bíblia.
Acreditamos que todo exercício político da igreja deva ser orientado ao bem comum da sociedade em que está inserida, e nunca buscando benefício ou interesse exclusivo para instituição.
Nós nos Propomos a Agir
Nos empenhamos em divulgar esse documento para que o máximo de pessoas possam apreciá-lo e criticá-lo..
Encorajamos cristãos de todas as denominações, igrejas e organizações da sociedade civil a apoiar este manifesto e divulgá-lo, a fim de demonstrarmos nossa representatividade.
Nos responsabilizamos por enviar este documento aos candidatos nos quais pretendemos votar, solicitando seu claro posicionamento diante das questões aqui propostas.
Por fim, nos comprometemos a orar intensamente pelas próximas eleições, para que o Senhor nos dê sabedoria a fim de escolhermos líderes sábios.

CONSELHO SAL DA TERRA SETOR SUL - GOIÂNIA
Eleições 2022
Want to print your doc?
This is not the way.
Try clicking the ⋯ next to your doc name or using a keyboard shortcut (
CtrlP
) instead.